/body Escritora Marcia Dantas: Diário de uma escritora inspirada #1: O começo

2 de fev de 2018

Diário de uma escritora inspirada #1: O começo


Começando um novo projeto e retomando meu diário de escrita.



Quero retomar uma coluna que deixei meio de lado assim que terminou o NaNoWriMo 2017 e colocar vocês por dentro do processo de escrita que estou fazendo agora. É bacana essa troca, não só por me incentivar a continuar como para compartilhar com vocês e dar um pouco da noção de como nasce um projeto de escrita. Pode ser que ajude quem ainda está dando os primeiros passos ou quem só quer ver as loucuras de uma pessoa que escreve. 

Para quem acompanhava minha newsletter anterior, esse nome não é estranho. Senti que era hora de usá-lo nesse momento em que me sinto inspirada, embora ainda esteja morrendo de medo de travar no meio do processo. 

Já estava acompanhando com expectativa o momento em que minha amiga e parceirinha Fernanda Castro teria seu lançamento na Revista Mafagafo. E foi com alegria que não só vi o nomezinho dela na capa da primeira edição como vi que tinha oportunidade de tentar mandar um projeto meu para avaliação. Dê uma olhada aqui

O atrativo da revista no momento, além de ser mais um canal de divulgação, é colocar etapas de produção que dão um ritmo editorial interessante. Sinto que preciso de um desafio para esse momento da minha vida de escritora (sou muito movida por desafios). E, por mais que a velha conhecida Síndrome do Impostor já esteja batendo forte, estou empolgada com esse projeto. Já consegui chamar um editor, que vai trabalhar comigo e me guiar desde essas primeiras etapas do projeto. 

Ontem eu tirei do arquivo do meu bullet journal uma ideia para poder trabalhar nesse projeto, mas ela não estava satisfatória o suficiente para começar a planejar. Gosto de ter um espaço no meu bullet journal para anotar todas as ideias, por mais idiotas que pareçam. Uso frases curtas, mas que resumam bem do que se trata aquela ideia. E funciona: todas as vezes que usei uma ideia registrada, por mais que ela estivesse escrita ali a muito tempo, consegui lembrar exatamente o que tinha pensado na época em que ela surgiu. 

E foi justamente desse arquivo que veio a outra ideia que me tirou da cama mais cedo hoje. Engraçado que hoje foi meu primeiro dia de retorno ao trabalho e tinha em minha mente que precisava descansar. Mas minha mente discordou e resolveu que eu deveria decidir qual ideia trabalhar no meu próximo projeto de escrita. Não que eu esteja brava com ela: gosto desse senso de responsabilidade da minha parte criativa. 

Hoje consegui começar a fazer a estruturação do projeto através do velho conhecido método snowflake. Não sei se vou fazer todas as etapas ou se vou usar apenas as partes que me ajudem a desenvolver o pitch e as fichas de personagens, resolvo durante o processo. Por enquanto tenho apenas o brainstorm. 

Como preciso correr com as etapas desse projeto, vou deixar aquele texto que comecei a escrever no NaNo do ano passado de molho (de novo) e o planejamento da segunda parte de “Relatos e Crônicas da Garota Nova” de lado. Espero retomar ainda esse mês. 

E por enquanto é isso: assim está essa minha nova empreitada de escrita, num ano que promete ser agitado nos meus processos escritos e com a expectativa que eu consiga coisas sólidas daqui para frente. 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e volte sempre! Seu comentário é sempre importante e bem vindo.

Lembre-se que você é livre para se expressar, desde que com respeito e sempre respeitando o espaço das outras pessoas.

Comentários racistas, misóginos, lgbtfóbicos ou que incitem ódio e/ou violência serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...