/body Escritora Marcia Dantas: Por que as personagens feminas despertam tanta raiva?

26 de mar de 2016

Por que as personagens feminas despertam tanta raiva?

Vivemos em um mundo onde as personagens femininas são um alvo mais fácil do ódio destilado em redes sociais como o Facebook ou o Tumblr e, enquanto isso, homens de caráter duvidoso e moral questionável recebem uma melhor recepção por parte de seus fandoms. A grande questão é: por quê?

Essa postagem vai juntar assuntos abordados nos capítulos #1 e #10 da minha newsletter Diário de uma Escritora Inspirada. Então, se você ainda não assina, está perdendo discussões muito legais e novidades exclusivas e antecipadas. Se tiver interesse, basta clicar aqui e assinar para receber coisinhas especiais no seu e-mail

Duas personagens fizeram com que eu fizesse as duas abordagens na newsletter: Emma Woodhouse do livro Emma e Karen Page de Daredevil. Percebam que são duas personagens completamente diferentes em suas personalidades e posturas nos respectivos universos em que estão inseridas e que despertam raiva de seus fandoms. E, em ambas as ocasiões acabei me perguntando o motivo disso. 

Obviamente não estou impedindo ninguém de gostar ou deixar de gostar de um determinado personagem, afinal cada um sabe o que e como quer. A grande questão que comecei a refletir foi: o que leva as personagens femininas a receberem um ódio tão mais imediato que os masculinos? Isso vem mesmo das pessoas ou é condicionado por fatores externos?

Eis alguns exemplos:
 
  • Breaking Bad tem um personagem principal masculino que literalmente se torna um vilão no decorrer de cinco temporadas. Mas quem é odiada: Skyler, aquela que está tentando proteger a família do melhor jeito que pode;
  • Sons of Anarchy tem um caso parecido, e inexplicavelmente causa empatia do seu fandom em relação ao protagonista que faz muita merda e joga todo seu ódio contra Tara, que tem muitas similaridades em relação à Skyler; 
  • Teen Wolf é uma série famosa por seu fandom de tendências machistas e que condenou ao degrado uma das personagens mais incríveis que já conheci: Allison Argent;
No caso de Emma Woodhouse, ela é considerada uma personagem que se mete muito onde não é chamada, prejudicando as pessoas ao seu redor. E, por mais que ela cause alguns danos bem complicados, ela até é movida por boas intenções (ao contrário de Walter White no primeiro exemplo que dei lá em cima). E, mesmo assim, por que é tão difícil compreender essas boas intenções e, principalmente, seu arrependimento depois?

Já Karen Page  tem seus momentos doces e fofos, mas também tem aqueles momentos de sair pisando e se impondo.

Sem contar que nessa segunda temporada (sem spoilers, prometo) ela teve um desenvolvimento fantástico, uma oportunidade de colocar seu senso de justiça (e sua curiosidade quase patológica) em um arco que explorou muito seu potencial (não terminei ainda a temporada, mas digo que gostei do que vi até agora). Sério, gente, só tenho amor no coração por essa linda.

A grande questão é: tem uma boa parte do fandom que não gosta dela.

Então comecei a pensar em sua personalidade e lembrei de alguns comentários do tumblr, que consideraram a personagem não marcante. E então lembrei das outras mulheres da série, como Claire e Elektra (que amo também quero deixar claro).

Claire é aquele tipo de pessoa que fala tudo na cara, sem se preocupar se vai ofender (principalmente quando esse alguém é o Matt Murdock, que andou merecendo bastante nessa segunda temporada).  E Elektra, o que dizer, ela arrasa demais.

Tanto uma quanto outra são mais chamativas por suas personalidades e ações que Karen, o que pode fazer com que a loirinha pareça mais passiva em comparação com as outras. A pergunta que faço é: por que isso não a caracterizaria como uma personagem feminina forte?

Para mim as três personagens são complexas e cheias de nuances interessantes. Claire talvez seja a que mais precise de aprofundamento, porque o passado dela não foi mostrado até agora (fazendo com que ela flerte com a trope da maniac pixie girl dream), mas todas elas tem vários traços interessantes. E, embora tenha a minha favorita (porque Karen Page é meu tipo de personagem), não consigo e nem posso desmerecer nenhuma. Cada uma delas é importante de sua forma.

O que me fez pensar essa semana em outra coisa: para que desmerecer uma personagem feminina em detrimento de outra?

O patriarcado colocou em nossas mentes a lenda urbana de que mulheres são rivais naturais (um modo de nos deixar separadas umas das outras) e, de certa forma, vejo uma tendência de repetição dessa rivalidade na ficção. Explico: se você gosta de uma personagem feminina, automaticamente vai detestar a outra. Em Doctor Who, um dos maiores exemplos disso são os sentimentos do fandom em relação a Rose Tyler e Martha Jones.

O exemplo que dei a cima vem muito de encontro com as questões shippers, mas também há esse tipo de questão quando não há ship envolvido, como em Game of Thrones com as irmãs Stark Arya e Sansa.

Uma coisa ou outra, eu lhe pergunto: por que não amar a todas?

3 comentários:

  1. Concordo com você!
    Devemos amar nossas heroínas <3

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oiii Marcia, tudo bem? Muito bom você falar sobre isso. A gente vê isso com uma grande frequência. Dia desses mesmo, eu lendo uma resenha e a moça falava "não consegui perdoar o cara - personagem. E olha que geralmente eu sempre relevo o mocinho". E aí eu fiquei pensando nisso. Se é a menina que "erra" as pessoas piram. Parece mais fácil aceitar os erros dos homens do que os acertos das mulheres. E essa coisa de só gostar de uma vai bem com aquela história da outra. parece que precisamos amar uma para odiar a outra. Mas não pode ser assim :(
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e volte sempre! Seu comentário é sempre importante e bem vindo.

Lembre-se que você é livre para se expressar, desde que com respeito e sempre respeitando o espaço das outras pessoas.

Comentários racistas, misóginos, lgbtfóbicos ou que incitem ódio e/ou violência serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...