/body Escritora Marcia Dantas: Minhas leituras #4: Mansfield Park (Jane Austen)

25 de mar de 2016

Minhas leituras #4: Mansfield Park (Jane Austen)


Mais um livro terminado na minha maratona da autora inglesa Jane Austen. 

Faz um tempo que terminei Masfield Park, mas não tinha conseguido organizar meus pensamentos (e minha frustração) relativa a esse livro de forma a escrever um texto com as minhas impressões. No entanto hoje é feriado e resolvi que teria de fazer isso antes que me desanimasse por completo. Então aqui estamos.

Como vocês devem ter percebido pelo parágrafo anterior, Mansfield Park não foi exatamente algo que tenha me agradado. Talvez eu tivesse as expectativas muito altas e isso tenha me atrapalhado de apreciar o livro. Quero elencar então alguns dos motivos que fizeram desse o meu menos favorito livro de Jane Austen até agora:

1. Personagem feminina central quase como espectadora junto ao leitor:


Fanny Price é a antítese de Emma Woodhouse e Elizabeth Bennet, não há dúvidas sobre isso. Mas quero me aprofundar mais sobre as questões que a fazem diferente das outras duas. 

Fanny é uma personagem frágil em todos os aspectos, desde sua saúde física até a personalidade. Durante todo o livro acompanhamos sua forte hesitação diante dos sentimentos que alimenta por seu primo Edmund, além do temor de ver seu envolvimento com Mary Crawford aumentar cada vez mais. 

Essa "fragilidade" não é exatamente um problema: falarei nos próximos textos do blog sobre personagens consideradas menos incisivas em suas personalidades e como discordo que isso necessariamente signifique que elas não sejam boas. No entanto, no decorrer de Mansfield Park, a protagonista se torna quase uma narradora de luxo, com pouca ou quase nenhuma participação nos acontecimentos do livro. Para quem se acostumou com as outras protagonistas austenianas, que alteram a realidade ao seu redor, Fanny entristece com sua passividade na trama. 

2. Protagonista masculino desinteressante:


Em minha postagem sobre Orgulho e Preconceito pontuei meu desagrado com Fitzwilliam Darcy, mas afirmo que gosto mais dele que Edmund. Não por nada, mas ele é mais moralista que os protagonistas dos outros dois livros que conheci e seu nível de julgamento das pessoas (destaco bem sua relação com Mary Crawford) é uma daquelas coisas me irritam demais, especialmente em protagonistas masculinos (experimente ver muita novela mexicana pra ver como isso é irritante). Gosto do modo que ele é protetor com Fanny, e isso é o que melhora um pouco sua imagem para mim, mas mesmo assim, sério, tá difícil defender Edmund. 

3. Ausência de amizade entre mulheres:


Fanny é detestada por suas primas e sua relação com Mary, que poderia ser a amizade feminina do livro, se tornou um enfadonho triângulo amoroso que me deixou bem desagradada com o livro. Esse livro poderia ser bem diferente se houvesse pelo menos esse elemento. 

4. Trama corrida no final:


Mansfield Park perde seu tempo com cenas muitos desnecessárias, especialmente na primeira metade do livro, ficando um pouco mais interessante na segunda metade. E então vem o último capítulo. 

Foram tantas informações no último capítulo que senti que ali poderíamos ter um novo livro, só para vocês terem uma ideia. Se Mansfield já tinha sido decepcionante, o último capítulo foi a cereja do bolo. 

Enfim, meu próximo passo é ver a adaptação cinematográfica de Mansfield Park  e ver como essa adaptação se relaciona com minhas impressões do livro. Por enquanto é uma das histórias de Jane Austen que menos me empolgou (estou lendo A Abadia de Northanger e já estou gostando mais que de Mansfield). 

E você, já leu esse livro? O que achou?

2 comentários:

  1. Confesso que da Jane só li Orgulho e preconceito e Emma que são uma das melhores obras que já li.
    Não conhecia esse livro e com sua resenha fiquei um pouco triste de o livro te-la decepcionado.
    Eu não sei.. fiquei um pé atrás com esse livro mas quem sabe um dia vou ler!
    bjão

    ResponderExcluir
  2. meu predileto da jane austen é orgulho e preconceito,talvez por eu ter lido somente ele mas darei uma chance a essa obra,talvez me agrade ;)
    bjss

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e volte sempre! Seu comentário é sempre importante e bem vindo.

Lembre-se que você é livre para se expressar, desde que com respeito e sempre respeitando o espaço das outras pessoas.

Comentários racistas, misóginos, lgbtfóbicos ou que incitem ódio e/ou violência serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...