/body Escritora Marcia Dantas: Minhas leituras #3: Orgulho e Preconceito (Jane Austen)

6 de mar de 2016

Minhas leituras #3: Orgulho e Preconceito (Jane Austen)

Hora daquela postagem polêmica que nem mamilos.

Enquanto lia Orgulho e Preconceito só pensava nesse exato momento, em que iria falar um pouco sobre minhas impressões. Não por nada, sempre gostei muito desse livro e, embora Emma tenha definitivamente me marcado mais, esse certamente está naquela listinha de leituras que sempre recomendarei.

A grande questão é que eu sempre vi uma determinada reação à história do clássico de Jane Austen e não foi a mesma que tive. 


Para qualquer lugar que se vá, quando se menciona a obra, a comoção com Mr. Darcy é imediata. Ele é praticamente um príncipe da Disney, aqueles desejados pela maioria das mulheres que leram o livro ou assistiram às adaptações. Por todo esse burburinho gerado pelo personagem, imaginei que me encantaria imediatamente por ele (tal qual me causou Mr. Knightley ou ainda mais que ele) e me preparei para tal.

Desculpa, gente, simplesmente não rolou. 

 
Sei que posso receber várias argumentações agora, do tipo "essa era justamente a intenção da autora, que houvesse antipatia inicial com ele, para que depois ele fosse apaixonante" e assim, juro mesmo que fiquei esperando pelo momento em que o personagem me arrebataria loucamente e que cairia de amores, tal qual aconteceu com Lizzie no decorrer da história, mas não, gente, não consegui. 

Refleti um bocado antes de escrever aqui e tenho alguns pontos a destacar:

  1. Elizabeth Bennet é o ponto de referência da história. A mudança de visão sobre o Fitzwilliam Darcy vem todo através dela. Então percebo que a paixão das pessoas por ele vem não do próprio personagem, mas sim do processo da protagonista. Aliás, essa é uma mudança de paradigma que vi presente nas obras de Jane Austen até agora;
  2. Tendo isso posto (e como sou a pessoa cri-cri mesmo), separei minha própria opinião da de Elizabeth. Mesmo com todas as ajudas que ele forneceu e a razoável mudança de personalidade que ele sofre na trama (destaque ao trato melhor que ele dá aos tios de Lizzie, o que é "fácil" de certa forma, já que eles não são tão barraqueiros quanto sua mãe, pai e irmãs), não deixei de enxergar características que me incomodavam, como o egocentrismo. A parte em que ele fala que teve certeza de que Elizabeth o aceitaria por exemplo, para mim foi marcante nesse ponto;
  3. Mesmo que Elizabeth tenha perdoado, acho complicado aceitar sua intromissão entre Bingley e Jane. Sério, ele tinha mais o que fazer na vida além de ficar controlando a vida amorosa do melhor amigo por suposições pré concebidas e nada verificadas que poderiam ter condenado a felicidade do rapaz;
  4. Para não dizer que tudo nele me irrita, gosto do instinto de irmão mais velho e, no lugar dele, teria feito tudo e mais um pouco (tirar o sangue do nariz de Wickham seria uma boa opção);
A verdade é que o destaque é Elizabeth Bennet. Mais uma protagonista de Jane Austen que sai dos padrões, desafiando tudo ao seu redor (a cena em que ela sai correndo pela chuva para correr ao encontro da irmã e a discussão com Lady Catherine serão sempre as minhas favoritas). 
Uma moça vitoriana que desafia padrões daquela época e alguns que ainda temos até hoje, como na parte em que rejeita o primo chato, contrariando todas as expectativas ao seu redor.

Gostaria então de encerrar essa postagem dizendo que posso não ter me apaixonado por Fitzwilliam Darcy, mas que deposito todo o meu amor aos pés da diva Elizabeth Bennet, a heroína incontestável de Orgulho e Preconceito.

2 comentários:

  1. Oi!
    Amooo Orgulho e Preconceito,minha personagem predileta é a Elizabeth <3333
    ela é surpreendente,corajosa :) ela me fascinou desde o inicio...verdadeiramente uma heroína <3
    bjsss

    ResponderExcluir
  2. Sim, esse é um dos melhores livros de todos os tempos!
    A Elizabeth é uma das personagens mais cativantes e corajosas que já conheci <3
    Mas confesso que me apaixonei pelo Mr.Darcy que mesmo antipático e rabugento é todo maravilhoso rs
    <3 <3

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e volte sempre! Seu comentário é sempre importante e bem vindo.

Lembre-se que você é livre para se expressar, desde que com respeito e sempre respeitando o espaço das outras pessoas.

Comentários racistas, misóginos, lgbtfóbicos ou que incitem ódio e/ou violência serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...